Novas tituladas em Gerontologia e Geriatria são Homenageadas pela ABRAz

Sexta, 09 Maio 2014 00:00

O estado ganhou mais uma geriatra, a Dra. Milagros Clavijo e uma gerontóloga, Rossy Ramos, tituladas no último Congresso Brasileiro de Geriatria e Gerontologia. E para homenageá-las e salientar a importância de titulações como estas para o Estado, ocorreu um café da manhã na manhã desta sexta-feira, 09, promovido pela ABRAz – Associação Brasileira de Alzheimer, na sede da Cades – Central de Articulação das Entidades de Saúde.


DSC 0225DSC 0223

O evento também teve um culto ecumênico de ações de graça, pela titulação das profissionais, que é fruto do empenho de ambas, bem como daqueles que unem forças para trabalhar em prol dos idosos no Acre.
A nova titulada gerontóloga, Rossy Ramos já está há treze anos na luta pelos idosos acreanos, ela se emocionou no ato ecumênico, ao falar da importância deste título para ela e para o Estado. “Mais geróntologos no Acre nos dá mais possibilidades de conhecimentos, são mais pessoas interessadas, gerando menos situações adversas para a terceira idade. São 49 mil idosos no Brasil e 6,4 mil idosos no Acre, ainda não é um estado envelhecido, mas existe a preocupação, pois toda família tem um idoso e somos futuros idosos.”, relatou Rossy.
Ambas foram aprovadas no XIX Congresso Brasileiro de Geriatria e Gerontologia, cujo tema foi “A nova geração de idosos e os desafios contemporâneos”, que ocorreu nos dias 29 de abril a 3 de maio em Belém – PA, com a participação de profissionais de idosos de todo o Brasil. As provas da SBGG – Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia possuem três etapas e um nível de dificuldade elevado para filtrar os melhores e mais comprometidos profissionais de idosos do Brasil.
“Para suprir a necessidade que existe de preparar mais profissionais para trabalhar com a gama de pessoas que se tornam idosas, dia após dia, além de dar o suporte social para envelhecer com qualidade de vida.”, afirmou a diretora de divulgação Mariazinha Leitão, sobre a importância destas titulações para o Acre.
No Brasil, o aumento do número de pessoas com mais de 60 anos tem gerado uma maior preocupação para que envelheçam com saúde e disposição. Os cursos técnicos e superiores estão no mercado para intervir na nova realidade brasileira, enquanto a gerontologia é a ciência que estuda o envelhecimento humano, a geriatria é a especialidade médica que trata as doenças das pessoas idosas.

 

Assessoria de Imprensa da Cades