Pacientes com Jorge Lobo Foram Atendidos Por Médicos de Bauru em Rio Branco

Segunda, 02 Junho 2014 00:00

A equipe médica do ILSL - Instituto Lauro de Souza Lima, da cidade de Bauru, São Paulo, juntamente com o doutor em dermatologia William Jonh Woods, conhecido como Dr. Guilherme pelos portadores de Jorge Lobo, fizeram o acompanhamento da doença nesta semana, de 26 a 29 de maio, no Hospital das Clínicas, antiga Fundação Hospitalar, no setor de dermatologia. As pessoas que residem na capital e no interior do estado, em colônias, seringais, ribeirinhos, filiados à APDT – Associação dos Portadores de Doenças Tropicais compareceram nestes dias.

0058jpg067jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Raimundo Tomé de Oliveira, presidente da associação filiada a CADES, fez o acompanhamento dos pacientes no Hospital, no transporte, orientação e apoio. Novos cadastros para a associação também foram preenchidos e distribuição de panfletos informativos.
A doença de Jorge Lobo afeta os portadores em graus diferentes, dependendo do organismo e do rigor na medicação, alguns possuem apenas as orelhas afetadas, enquanto outros possuem mais partes do corpo comprometidas, em maior ou menor profundidade, como as costas, mãos, pernas e rosto. Os pacientes receberam a medicação adequada para seguir o tratamento em suas residências, alguns vão passar por cirurgias, dependendo do estado das lesões queloidiformes (na pele).
Os médicos de Bauru vêm duas a três vezes por ano ao Estado, para acompanhar os pacientes em tratamento e também consultar novos diagnosticados. Não existia possibilidade de cura para a doença até a década de 90. Porém, no ano de 2000 inicia-se uma pesquisa pelo ILSL com parceria da equipe médica acreana. O doutor William já se aposentou algumas vezes, mas a dedicação pela cura da doença o faz voltar ao trabalho, os pacientes são muito gratos a ele, um deles até pediu para ser fotografado ao lado dele.

Assessoria de Imprensa da Cades